DOSSI? Peixotinho

Biografia do mais famoso mיdium de materializaחדo do Brasil

O que י um dossiך? A palavra vem de dossier. No momento estב na mםdia. Pode ser referida como uma “coleחדo de documentos referentes a certo processo, a determinado assunto, ou a certo indivםduo”. Quais sדo os seus fins? Pode ter inתmeros objetivos, intimidar adversבrios, esclarecer a opiniדo pתblica ou mesmo confundi-la.

Vamos comeחar do inםcio, lב pela dיcada de 70, do sיculo prףximo passado.
Terminamos o Curso de Especializaחדo em Microbiologia e Imunologia e estבvamos Professor Auxiliar. Havia sido publicado o nosso primeiro artigo, resultado de pesquisa sobre sensibilidade bacteriana a antibiףticos. A chefia nos designou para coordenar uma disciplina sobre o assunto na pףs-graduaחדo. Na sala de aula, tivemos o primeiro contato com aquele aluno, que seria mais tarde o autor de um dossiך. Fizemos rבpida amizade e juntos םamos ao cafezinho. Nessas horas me falava sobre os diversos livros que tinha escrito, mas que ainda nדo tinha publicado, o que o deixava preocupado.

Uma de suas obras aguחou-me a curiosidade. Naqueles dias eu havia sido convidado a assistir a uma reuniדo prבtica como aquelas que relatou em seu livro. Aqueles dias foram proveitosos. Defendi a tese em 1974, ele em 1975. Depois, terminamos o doutorado e ele voltou para as universidades no Espםrito Santo. Ficou a distגncia e a amizade.
Em 1978 estivemos juntos na Bahia, num encontro promovido pela Federaחדo Espםrita Brasileira e ele me deu o troco, foi meu instrutor. Publicou os vבrios livros que estavam na gaveta e entre eles o famoso “dossiך” sobre Francisco Peixoto Lins.

O mיdium nasceu na cidade de Pacatuba, Cearב, em 1÷ de fevereiro de 1905 e desencarnou em Campos, Estado do Rio de Janeiro em 16 de junho de 1966. O Professor deu ao livro o tםtulo de “Dossiך Peixotinho”.
Segundo Antonio de Souza Lucena, no Anuבrio Espםrita 2002, do IDE,  “Lamartine Palhano Junior foi dedicado pesquisador da fenomenologia espםrita, que desencarnou em Vitףria (ES), no dia 14 de novembro de 2000. Nasceu na cidade de Coronel Fabrםcio (MG), em 15 de dezembro de 1940. Graduou-se em Farmבcia e realizou seu Mestrado e Doutorado na בrea de Microbiologia Mיdica, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Lecionou na Universidade do Estado e na Federal do Espםrito Santo.

Examinando o “Histףrico no CNPq nos תltimos 10 anos”, como docente-pesquisador vamos encontrב-lo na fila da agךncia financiadora de projetos de pesquisas com “o pires na mדo”. Certamente agora na espiritualidade nדo deve estar tendo a mesma dificuldade para desenvolver sua criatividade.
Contribuiu de forma marcante com o Movimento Espםrita em vבrias בreas: pesquisas cientםficas no campo mediתnico, publicaחדo de livros, realizaחדo de palestras e cursos diversos. Fundou a FESPE (Fundaחדo Espםrita Santense de Pesquisa Espםrita) e logo depois o CIPES (Cםrculo de Pesquisa Espםrita de Vitףria).

O professor participou tambיm de alguns seminבrios do Instituto de Cultura Espםrita do Brasil (ICEB-RJ). Deu grande contribuiחדo א Casa Espםrita Cristד de Vila Velha (ES). De sua extensa bibliografia constam: romances, livros infantis, infanto-juvenis, de estudos bםblicos, biogrבficos (Mirabelli, Peixotinho e outros), dicionבrios (Lיxico kardequiano e Dicionבrio de filosofia espםrita) cientםficos (Experimentaחדo mediתnica e outros).”

“Dossiך Peixotinho” י a biografia do mais famoso mיdium de materializaחץes do Brasil, Nדo sei se outros sדo tדo ricamente ilustrados com entrevistas, fotos e documentos, quanto o livro de Lamartine e Wallace.
Paul Gibier, um outro microbiologista jב havia publicado, com Ernesto Bozzano, uma obra sobre “Materializaחץes de Espםritos” – Editora Eco.

Quem foi Peixotinho?
Francisco Peixoto Lins bem cedo ficou ףrfדo de pai e mדe e residiu com seus tios maternos, em Fortaleza, Cearב. Aos 14 anos de idade desistiu do Seminבrio Catףlico.
Entre 14-16 anos manifestaram-se os primeiros indםcios de sua mediunidade atravיs de uma obsessדo. Envolvido por espםritos era tomado de poderosa forחa fםsica, tornando-se capaz de lutar e vencer vבrios homens, apesar de ser fisicamente franzino. Temendo conseq?ךncias mais graves, resolveu nדo sair de casa. Nesta ocasiדo ficou em torno de 20 horas num estado catalיptico quase chegando a ser sepultado vivo.

Posteriormente, sofreu uma paralisia que o prostrou num leito durante seis meses. Nessa fase, um vizinho movido de compaixדo solicitou permissדo para prestar-lhe socorro espiritual. O tratamento mיdico nדo lhe dava qualquer esperanחa de restabelecimento. O vizinho iniciou com בgua apףs o Evangelho no Lar e passes. Foi quando comeחou a ler as obras de Kardec. Em menos de um mךs apresentava sensםvel melhora e libertou-se da estranha enfermidade. Passou a freq?entar o Centro Espםrita. A tenaz obsessדo foi a sua Estrada de Damasco. Orientado pelo major Vianna de Carvalho iniciou o desenvolvimento mediתnico.

Em 1926 servindo em um Batalhדo do Exיrcito chegou a cidade fluminense de Macaי. Ali fundou o Centro Espםrita Pedro. Em 1933, casou com Benedita Vieira Fernandes.  Como militar, serviu em Imbituba, Santa Catarina; Santos, Sדo Paulo; no antigo Distrito Federal e em Campos, Rio de Janeiro.
Depois de 1945, no Rio de Janeiro, unindo-se a Jacques Aboab e Amadeu Santos, fundaram o Grupo Espםrita Andrי Luiz, que inicialmente funcionou na Rua Moncorvo Filho, 27. Ali, produziram-se as sessץes de “materializaחץes luminosas”. Elas estimularam o doutor Rafael Ranieri a lanחar um livro com esse tםtulo.
Em 1948, ao lado de Chico, em Pedro Leopoldo, realizou sessץes de materializaחץes e assistךncia aos enfermos. Em 1949 foi transferido definitivamente para a cidade de Campos, onde participou dos trabalhos do Grupo Joana D’Arc e fundou o Grupo Espםrita Araci (http://www.espiritismogi.com.br/biografias/peixotinho.htm).

Foi ele o mיdium daquele espםrito, mדe desencarnada, que fez apelo emocionado. Na יpoca estava o filho reencarnado apresentando-se frבgil em relaחדo aos apelos do sexo e das drogas. Este relato foi feito pelo professor N. G. Barros na Revista Macaי Espםrita, novembro 1990. Fizemos uma pequena sםntese no artigo “Sexo – Artigo de Compra e Venda“, encontrado no Portal Panorama Espםrita (http://www.panoramaespirita.com.br/modules/smartsection/item.php?itemid=7311&keywords=junio).
Veja no link abaixo foto de Ana, na casa de Chico Xavier. Peixotinho estב deitado e pode-se notar o ectoplasma entre o mיdium e o espםrito:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *