ANFETAMINAS: desinformaחדo

Consumo da droga supera o de cocaםna e heroםna juntas

O livro “Alcoolismo e drogas, caminhos de superaחדo”, com sete autores, traz nota de esclarecimento. Por ocasiדo do 5° Seminבrio do Movimento de Amor ao prףximo (MAP) com Divaldo Pereira Franco, no Citibank Hall, no Rio de Janeiro em marחo de 2008, com tema correlato, dois autores entraram em entendimento com o dirigente Ivan Perdigדo e juntos foram inspirados a reeditar a obra.

Destaca ainda a opiniדo de Divaldo Franco, dos participantes e da mםdia espםrita, quando afirma ter sido o Seminבrio o maior do mundo no gךnero de atividades e um dos mais bem organizados. Certamente a semeadura encontrarב coraחץes atentos ao 15° capםtulo do “Evangelho Segundo o Espiritismo” e א Parבbola do Bom Samaritano. MAP e o Centro Espםrita Irmדo Samaritano (CEIS) promoveram o Seminבrio, em 7 de setembro 2008,  onde os autores do livro discutiram o tema durante trךs horas. Na oportunidade, os presentes tomaram conhecimento do Projeto Cristo Consolador, uma בrea construםda de 500 m² num terreno de 8.000 m², em Itaguaם (RJ).

No encerramento oramos com Nilva Salata, mיdium-dirigente do CEIS, que iniciou o Projeto. Ficou estabelecida a parceria entre as duas Instituiחץes. Agora, estarדo somando esforחos em benefםcio daqueles que sofrem com a “dependךncia quםmica”. Dois dias depois leio a notםcia que “o Brasil י terceiro maior consumidor de anfetaminas do mundo, segundo relatףrio publicado nesta terחa-feira pelo Escritףrio das Naחץes Unidas contra Drogas e Crimes, com sede em Viena, (Unodc).”

A ONU ainda adverte sobre “o perigo de encarar os entorpecentes sintיticos como inofensivos, e assegurou que seu consumo jב supera o da cocaםna e heroםna juntas.”
A desinformaחדo no Brasil chega a assustar. Recentemente lemos no jornal: “Eu defendo, na verdade, o uso do fumo em qualquer lugar. Sף fuma quem י viciado”. A frase fez lembrar uma outra: “o aparecimento de uma informaחדo inadequada na televisדo, numa tarde de domingo, no decorrer de um jogo de futebol importante ou durante um capםtulo de novela, com alto םndice de audiךncia, pode destruir o trabalho de muitos anos de investimentos e esforחos de instituiחץes que mantךm programas dirigidos א educaחדo e א saתde.” (1) Mas, nדo vamos esmorecer.

ֹ um direito inquestionבvel comprar o que bem entender, assumindo individualmente os riscos decorrentes do seu ato?  Cigarro י droga!  Paulo Autran foi enfבtico: “morri por causa do cigarro”. (2)
Apףs o Seminבrio ficamos a autografar o livro e a conversar fraternalmente. Um dos confrades observou que eu escrevia a mesma frase para todos e comentou que nדo mais esqueceria. Realmente י para pensar que: “um grama de prevenחדo vale mais do que uma tonelada de cura”. Presidentes podem nדo saber e com isso deixarem ministros da saתde de saia justa.

Um pedido e uma pergunta. O pedido י que nos ajudassem a divulgar o Projeto Cristo Consolador e sua “defesa prיvia” (3). Aם vai a pergunta: serב que o livro poderia chegar א 10× Feira do Livro Espםrita da Sociedade Espםrita Casa do Caminho. 15 a 21 de setembro de 2008, de 2× a 6× feira das 13h30 אs 17h e das 18h30 אs 22h, sבbado e domingo das 9h אs 14h, Rua Estado de Israel, 59 (prףximo א Estaחדo Santa Cruz do Metrפ), Sדo Paulo/ SP. Informaחץes nos telefones (11) 5573-8428 / (11) 5083-0204, fax (11) 5084-9058 e e-mail casadocaminho@casadocaminho.com.br.

Adoraria estar em Sדo Paulo num fim de semana e escrever aquela frase sobre “um grama de prevenחדo”.
Finalizo com Izquierdo e Canhoto. Inicialmente com o que disse o Professor Ivan Izquierdo, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, numa entrevista em abril de 1996.

“Minha intenחדo י levantar a discussדo sobre alguma coisa que creio a nossa sociedade tem perdido: o amor e o exercםcio do amor, no comportamento diבrio, que se reflete na decךncia das relaחץes humanas em todos os aspectos. O meu trabalho com experimentos cientםficos referente ao cףrtex cerebral mostrou que a caracterםstica principal dos seres humanos י justamente nossa capacidade de amar. As espיcies inferiores que tךm menos cףrtex nדo tךm isso. Os animais se matam uns aos outros com mais facilidade do que nףs. No caso dos rיpteis, por exemplo, que sדo seres sem cףrtex, a mדe devora o filho.”

“Muitos representantes do povo brasileiro tךm se mostrado descuidados ao falar o que pensam”, diz o Canhoto (4), ao lembrar o incentivo ao consumo do tabaco em Brasםlia, no “Anti-Herףi brasileiro” apanhado na contramדo do Ministיrio da Saתde. Emmanuel sempre disse: “Chico, quando vocך nדo tiver uma palavra que auxilie, procure nדo abrir a boca…”(5)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *